Nathan Ams
Nathan Ams
@ntams
Staff
Design

Como a onça-pintada inspirou as novas camisetas da seleção brasileira

  • por Nathan Ams @ntams

Conheça o conceito por trás da nova camisa da Seleção Brasileira de Futebol e percorra uma linha do tempo com os designs mais marcantes

Lançada no início de Agosto, a campanha "Veste a Garra" apresentou as duas camisas que a Seleção Brasileira de Futebol usará na Copa do Mundo do Catar em novembro e dezembro deste ano.

A aposta de Nike e CBF (Confederação Brasileira de Futebol) num design arrojado, que remete à onça-pintada, animal típico da fauna brasileira, se mostrou acertada. Afinal, a primeira entrega da coleção se esgotou em apenas duas horas — e continua desaparecendo do site da fornecedora de material esportivo a cada nova remessa.

Neste post, explicamos o conceito que norteou a criação das camisas e sua campanha de divulgação. Além disso, apresentamos uma linha do tempo com os uniformes mais icônicos da Seleção. Não perca!

Campanha "Veste A Garra". Imagem: Nike
Campanha "Veste A Garra". Imagem: Nike

"Veste A Garra"

Garra pode significar tanto a "unha comprida, recurva e pontiaguda de alguns animais", como a onça-pintada, quanto "força de vontade, disposição; determinação". A coleção toda foi construída tendo essa duplicidade em mente. De acordo com o texto de divulgação, o design sutil da onça reflete o povo e o estilo de jogo da seleção brasileira em campo — feroz e artístico.

Em entrevista ao canal Camisa 21, Tadeu Lima, gerente de produto da Nike, conta que uma das preocupações ao criar a camisa era traduzir o orgulho de ser brasileiro. "Como a onça-pintada é um dos símbolos da nossa fauna, faz todo sentido ela ser representada pelos nossos jogadores lá na Copa".

Para estampar a campanha, a Nike focou não apenas em jogadores de futebol, mas em personalidades que representam a resiliência do brasileiro: o rapper Djonga, o funkeiro MC Hariel, a judoca Rafaela Silva, a streamer Babi, entre outros. Segundo Thiago Lia, gerente de marca da empresa, a ideia é também conectar a camisa com outros ambientes. "esportes, música, grafite, coisas que ajudem a simbolizar a cultura nacional".

Campanha "Veste A Garra". Imagem: Nike
Campanha "Veste A Garra". Imagem: Nike

O design

A primeira camisa, na cor "Amarelo Dinâmico", traz as pintas da onça em marcas d'água. A padronagem é exclusiva da Seleção Brasileira e, além de embelezar a camisa, ajuda na respirabilidade. Outra novidade é a presença do azul, ainda que discreto, no logotipo da Nike, na borda da gola e no botão que, quando aberto, revela a bandeira do país.

A segunda camisa combina dois tons de azul: "Supremo" e "Paramount". A homenagem à onça-pintada aparece nas rosetas das mangas, em tons vibrantes de verde e amarelo, criando outra referência às cores da bandeira brasileira.

Ambas utilizam a dri-fit adv, a tecnologia mais avançada da Nike para roupas esportivas. Além disso, todas as camisas foram produzidas com 100% de materiais reciclados de garrafas plásticas.

Camisa Oficial da Seleção Brasileira. Imagem: Nike
Camisa Oficial da Seleção Brasileira. Imagem: Nike
Camisa Oficial da Seleção Brasileira. Imagem: Nike
Camisa Oficial da Seleção Brasileira. Imagem: Nike

Relembre as camisas mais icônicas

A primeira: branca e azul

De 1919, ano da conquista da primeira Copa América, até a Copa do Mundo do Brasil, em 1950, a camisa da Seleção mudou pouco: era predominantemente branca, com detalhes azuis e o escudo da Confederação Brasileira de Desportos (CBD) no peito.

Após o trauma do Maracanaço, partida em que o Uruguai derrotou o Brasil por 2 a 1 e sagrou-se campeão mundial pela segunda vez, o uniforme branco, associado ao azar, foi abandonado.

Réplica da camisa usada pela Seleção Brasileira em 1950. Imagem: Museu do Futebol
Réplica da camisa usada pela Seleção Brasileira em 1950. Imagem: Museu do Futebol

1952: nasce a "Canarinho"

A hoje tradicional camisa amarelo-ouro foi escolhida através de um concurso da CBD em parceria com o jornal Correio da Manhã, em 1952. O vencedor, Aldyr Schlee, contava haver feito mais de 100 croquis até chegar ao resultado desejado.

Menos de dois anos depois, na Copa do Mundo de 1954, o Brasil estrearia o uniforme que conhecemos atualmente: camisa amarela com detalhes em verde, calções azuis e meias brancas.

Réplica da camisa usada pela Seleção Brasileira em 1954. Imagem: Museu do Futebol
Réplica da camisa usada pela Seleção Brasileira em 1954. Imagem: Museu do Futebol

1958: surge a camisa azul

Na Copa do Mundo de 1958, o Brasil enfrentou a anfitriã Suécia na final. Como as duas equipes jogavam de amarelo, a FIFA determinou que o time da casa usasse o uniforme oficial.

A segunda camisa do Brasil era branca, como em 1950. Paulo Machado de Carvalho, o supersticioso chefe da delegação brasileira, preferiu não arriscar: comprou camisas azuis, cor do manto de Nossa Senhora Aparecida. Vestindo esse uniforme, a Seleção brasileira venceu seu primeiro mundial.

Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1958. Imagem: Museu do Futebol
Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1958. Imagem: Museu do Futebol

1970: a camisa do Tri

O Tricampeonato brasileiro veio no México, em 1970, vestindo aquela que é considerada uma das camisas mais bonitas da história das Copas. Nesta criação minimalista, a gola polo é substituída pela redonda e o escudo da CBD fica um pouco melhor.

No vídeo abaixo, você pode conferir a plasticidade do design e do jogo brasileiro, que contava com craques como Pelé, Tostão e Rivelino:

1994: poliéster e marcas d'água

A camisa do Tetra até hoje divide opiniões, mas certamente se trata de uma criação única. O uniforme produzido pela Umbro trazia marcas d'água do escudo da CBF (entidade que substituiu a antiga CBD), as três estrelas em alusão ao Tri de 1970 e foi o primeiro a ser confeccionado totalmente em poliéster.

Camisa da Seleção Brasileira autografada por jogadores. Imagem: Museu da História do Futebol
Camisa da Seleção Brasileira autografada por jogadores. Imagem: Museu da História do Futebol

2002: padronização e tecnologia

Vestindo esse template (na época, a Nike padronizou o uniforme de todas as seleções), veio o pentacampeonato mundial. Os detalhes em verde deixaram as mangas e foram deslocados para os ombros e laterais do tronco.

A grande inovação dessa camisa não era estética: a tecnologia batizada de Cool Motion trazia um forro que, teoricamente, deveria reduzir a transpiração dos atletas. Os atletas brasileiros, no entanto, pareciam discordar, pois a maioria preferiu removê-lo para enfrentar o calor asiático.

Ronaldo comemora o gol do título contra a Alemanha. Imagem: FIFA
Ronaldo comemora o gol do título contra a Alemanha. Imagem: FIFA

O que achou das camisas selecionadas? Deixamos alguma de fora? Deixe sua resposta nos comentários!

Explore outros recursos relacionados ao universo esportivo:

1. Você sabia que o criador da Turma da Mônica é um mestre na arte de ilustrar o futebol? Descubra tudo neste artigo.

2. A morte de Diego Maradona, um dos maiores craques da história do futebol, rendeu inúmeras homenagens. Emocione-se com algumas delas neste post.

3. As Olimpíadas tiveram um papel muito importante no desenvolvimento dos pictogramas. Não deixe de conferir esta história.

4. Aprenda a dirigir uma sessão fotográfica com atletas neste curso de Andres Cardona.

Ver cursos recomendados

Canva do começo ao fim: crie designs profissionais. Curso de Design por Clàudia Cánovas

Canva do começo ao fim: crie designs profissionais

Um curso de Clàudia Cánovas

Aprenda a usar o Canva de forma detalhada e pratique criando seu próprio guia de estilo e um site completo

  • 46972
  • 96% (760)
83% Desc.
Preço original $39.99USD
Design de feed para Instagram com Canva. Curso de Design por Isabel Gil Loef

Design de feed para Instagram com Canva

Um curso de Isabel Gil Loef

Aprenda a criar o design de modelos para o Instagram que facilitarão a produção de um conteúdo original, impactante e homogêneo

  • 36226
  • 99% (901)
83% Desc.
Preço original $39.99USD
Introdução ao Adobe Photoshop. Curso de Design, Fotografia, e Vídeo por Carles Marsal
Domestika Basics · 5 cursos

Introdução ao Adobe Photoshop

Um curso de Carles Marsal

Aprenda o Adobe Photoshop do zero e domine o melhor software de tratamento, retoque e criação de imagens digitais do mercado

  • 357165
  • 100% (9.9K)
75% Desc.
Preço original $39.99USD
0 comentários

Receba em seu e-mail as novidades da Domestika