Animação

Os curtas de animação indicados ao Oscar 2020

Alguns dos melhores curtas animados do ano passado estão ao alcance de um clique

Este ano, o Oscar fala espanhol: Klaus, dirigida por Sergio Pablos, fez história ao se transformar no segundo filme de animação espanhol indicado ao prêmio. Pablos, que começou trabalhando como desenhista de personagens para a Disney nos anos 90, é também o autor da história original para a franquia Meu Malvado Favorito.

Esta notícia se soma às indicações da mexicana Mayes C. Rubeo na categoria Melhor Figurino por seu trabalho em Jojo Rabbit e do também mexicano Rodrigo Prieto, em Melhor Fotografia, pela colaboração com Scorsese em O Irlandês.

O Brasil também marca presença. Democracia em Vertigem, da diretora Petra Costa, que acompanha o controverso processo de Impeachment de Dilma Rousseff, foi indicado a Melhor Documentário.

Além destas honras latinas, existem diversas categorias que poderiam passar despercebidas, mesmo exigindo muito talento. Uma delas é a de Melhor Curta de Animação, que na atual edição inclui um apanhado de obras extraordinárias animadas em 2D, 3D e stop motion. A maioria está disponível de forma gratuita na rede — e nesta lista você encontrará todos.

Kitbull, dirigido por Rosana Sullivan

Para acalmar seus fãs e dar a seus funcionários com mais talento a oportunidade de brilhar, no ano passado a Pixar lançou o Sparkshorts, um programa de curta-metragem de animação que estreou no YouTube ao longo de 2019. Todos foram desenvolvidos na empresa, mas nunca exibidos em salas de cinema. Um deles é Kitbull, a história da improvável amizade entre um cachorro e um gato, que combina técnicas 2D e 3D para obter um belíssimo resultado.

Mémorable, dirigido por Bruno Collet

Simples, mas muito emocionante, Mémorable aproveita o potencial estético da animação em stop motion para construir uma história sobre a velhice e a perda da memória. No curta, técnica e narração andam de mãos dadas, levando-nos a um resultado antes do qual é difícil não derramar uma lágrima. Você pode vê-lo aqui.

Hair Love, dirigido por Matthew A. Cherry, Everett Downing Jr. y Bruce W. Smith

Animado digitalmente, embora todos os seus elementos pareçam extraídos de uma animação clássica, Hair Love se concentra no relacionamento entre uma garota e seus cabelos encaracolados, assim como um pai que não tem ideia de como enfrentá-lo.

Dcera, dirigido por Daria Kashcheeva

Embora Dcera não seja gratuito como os anteriores, ele pode ser visto on-line no site da DA Films. Outro exemplo claro de como aproveitar todo o potencial da técnica de stop motion, Dcera recorre a um imaginário entre o real e o fantástico para contar uma história familiar.

Sister, dirigido por Siqi Song

A diretora Siqi Song compensa sua juventude com um talento extraordinário, como demonstra este curta, que na verdade é seu trabalho de graduação na prestigiada escola de cinema e artes visuais CalArts. Voltando às suas memórias de infância para elaborar uma história sobre a "política do filho único" na China, Sister está atualmente indisponível on-line, mas deixamos você com o trailer.

Você também pode gostar de:

- O logotipo de "Coringa" foi desenvolvido assim

0 comentários

Entre ou crie sua conta para comentar

Receba em seu e-mail as novidades do Domestika