O que é

Animação 2D e 3D: o que são e quais as diferenças e usos?

Conheça as diferenças, vantagens, softwares e habilidades necessárias para utilizar esses dois tipos de animação

Além da obviedade do resultado visual, as diferenças entre os formatos de modelagem e animação 2D e 3D têm implicações relacionadas a ferramentas, habilidades, objetivos e perfis criativos.

Para falar da importância de conhecer as características e os requisitos que cada um envolve, conversamos com Carlos Albarrán, mais conhecido como Zenzuke (@zenzuke), especialista em motion graphics e animação e professor em algumas das instituições mais conhecidas de Madri.

Animação 2D e 3D: o que são e quais as diferenças e usos? 1
Zenzuke

Origens

O nascimento do conceito de 2D em animação é encontrado no século XIX, graças à criação do folioscópio, um formato de livro que contém imagens com variações graduais aplicadas página a página e que, quando passadas rapidamente, criam a ilusão de movimento:

A tecnologia 3D, por sua parte, tem registro inicial em 1890, quando o conceito foi exposto por um fotógrafo inglês chamado William Friese-Greene. No entanto, é mais comum encontrar sua origem histórica oficial em 1922, com a projeção do filme The Power of Love, considerada a primeira fita 3D.

Profundidade: diferenças essenciais

Comecemos com o principal ponto de diferenciação entre os dois formatos de representação gráfica. Quando falamos de imagens em formato 2D, estamos nos referindo a imagens "planas", pois possuem apenas dois índices de medição: altura (eixo X) e comprimento (eixo Y). As tridimensionais, ou 3D, também têm profundidade (eixo Z), uma característica básica da forma como percebemos a realidade.

Animação 2D e 3D: o que são e quais as diferenças e usos? 7

Essa característica gráfica é definitiva em todos os processos, em ambos os formatos. Para entender melhor esse ponto, é necessário levar em conta que na animação e modelagem 2D cada elemento deve ser criado e modificado quadro a quadro, enquanto nos formatos 3D isso não é necessário, pois os eixos estão sempre presentes, independentemente do movimento ou da manipulação que dê ao objeto da composição.

Por outro lado, a ausência de movimento não costuma ser tão conflitante nas narrativas 2D, pois o ritmo permite a continuidade visual. Por outro lado, a rigidez 3D, mesmo que dure apenas um segundo, sempre parecerá um erro.

Formatos e narrativas

Como saber qual é o formato ideal para cada projeto? Zenzuke explica assim:

Se é verdade que você pode usar os formatos de maneira indistinta, ter conhecimento de 3D pode te dar muito mais liberdade no momento de manipular câmeras, usar perspectivas e procurar transições únicas. Mesmo ao fazer animação tradicional em 2D, muitas vezes você pode começar em 3D para visualizar coisas mais complexas que depois terminarão em duas dimensões.
Animação 2D e 3D: o que são e quais as diferenças e usos? 11
Zenzuke
Animação 2D e 3D: o que são e quais as diferenças e usos? 12
Zenzuke
Zenzuke

Estes são os programas que Zenzuke recomenda para cada um destes formatos:

- 2D: After Effects, Illustrator ou Adobe Animate
- 3D: Cinema 4D

Embora Zenzuke use 2D e 3D, ele reconhece que há uma vantagem em dominar o uso de programas de animação no último formato:

Mesmo que se trate de um projeto 2D, há muitas coisas que são mais fáceis de fazer em um programa 3D. Ter a opção de fazer as coisas com ferramentas diferentes sempre nos dará uma grande vantagem. Ter conhecimento em 3D pode ser útil para qualquer pessoa, pois é cada vez mais usado em áreas como branding e ilustração, sem mencionar que, se você está no campo de motion graphics, está perdendo tempo se ainda não aprendeu a usar esse formato.

Se quer aprender mais sobre animação, recomendamos que você se inscreva no curso de Zenzuke, "Introdução ao After Effects", onde aprenderá a dominar este software.

Você também poderá se interessar por:

- Um 'unicórnio' brasileiro dos jogos para celular
- 5 estilos de direção de arte para motion graphics
- Tutorial After Effects: como fazer um loop

0 comentários

Entre ou crie sua conta para comentar

Receba em seu e-mail as novidades da Domestika