Ilustração

Como criar um bom personagem de livro infantil

Oferecemos alguns conceitos que ajudarão na tarefa de construir personagens fascinantes para crianças

O público infantil é um dos mais exigentes que existe. Dedicar-se à ilustração para crianças exige uma combinação de talentos: uma mescla de paixão absoluta e conhecimentos das técnicas de desenho, para ilustrar da melhor maneira possível as histórias com as quais crianças no mundo todo crescem e aprendem.

Mas quais são os conceitos mais importantes para levar em consideração na hora de bolar um personagem para livro infantil? Teresa Martínez (@teresa_mtz), ilustradora especializada em publicações infantis e juvenis, compartilha com a comunidade os seus conselhos profissionais, que ajudarão a criar personagens interessantes e carismáticos dirigidos ao público infantil.

Como criar um bom personagem de livro infantil 1
Teresa Martínez

1. Formas

A forma é a figura pela qual se identifica mais rapidamente o nosso personagem. Partindo de formas tão básicas como o quadrado, o círculo ou o triângulo, podemos transmitir muito sobre a personalidade e as atitudes dos personagens: um quadrado significará seriedade e dureza, enquanto um círculo sinaliza tranquilidade.
Se construímos um personagem, por exemplo, baseado em triângulos, é importante que mantenhamos essa estética, trabalhando as arestas e os ângulos para incidir na sua personalidade.

Como criar um bom personagem de livro infantil 3
Teresa Martínez

2. Linha

Na sua essência, trata-se da postura na qual o nosso personagem normalmente se situa. Se desenharmos uma linha através de seu corpo, da cabeça aos pés, ela é curva ou reta? Isso nos dirá muito sobre a atitude do personagem perante o mundo: pode ser mais relaxado, mais estático...

Como criar um bom personagem de livro infantil 5
Teresa Martínez

3. Proporção

Diz respeito à relação de tamanho entre as diferentes partes do corpo do personagem: cabeça, tronco e pernas, acima de tudo. Um personagem com o tronco enorme e a cabeça pequena parecerá maior que o outro com tronco pequeno e a cabeça enorme.

Como criar um bom personagem de livro infantil 7
Teresa Martínez

4. Equilíbrio

Combinando algumas das noções anteriores, chegamos ao tema do equilíbrio do nosso personagem: é uma figura firme e sólida ou desequilibrada e dinâmica, sempre a ponto de cair? Misturando a linha do seu corpo com a proporção das partes, podemos brincar com esse conceito.

Como criar um bom personagem de livro infantil 9
Teresa Martínez

5. Construção do rosto e caricatura

Como já foi dito ao abordar a proporção do corpo, dependendo de como organizamos os traços faciais de nosso personagem, provocaremos um efeito diferente.

Quanto ao rosto, temos que mencionar o conceito de caricatura: normalmente, quanto mais exagerados os traços faciais de um personagem, mais caricaturizado ele será. Por exemplo, se nos basearmos em uma foto de uma pessoa real, podemos apenas copiar as linhas para obter o desenho mais realista possível, ou podemos exagerar seus traços para conseguir uma estética próxima do cartoon.

Teresa propõe um experimento que podemos pôr em prática no Photoshop: partindo dos traços básicos de um rosto, usar as ferramentas de distorção para modificar seu perfil, olhos, boca, nariz… de forma que possamos transformar um personagem simples em outro mais exagerado ou interessante.

Como criar um bom personagem de livro infantil 11
Teresa Martínez

6. Algumas dicas para uma boa construção

- Cuidado com a silhueta: garanta que as linhas da silhueta do seu personagem são fáceis de enxergar, não as misture muito uma em cima da outra ou crie zonas excessivamente complexas.

- Aproveite o volume: Brinque com as curvas e dobras das roupas dos seus personagens para obter mais volume nas suas silhuetas e torná-los mais cativantes.

- Unidade e contraste: é interessante brincar com o contraste na silhueta do seu personagem, combinando, por exemplo, zonas mais curvas com outras mais angulosas, mas sempre cuidando, como mencionamos antes, para que esteticamente tenha coerência no seu conjunto.

- Cuidado com as tangentes: ou seja, cuidado ao juntar muitas linhas que vão para o mesmo lugar. Separe os olhos da linha do perfil do rosto, por exemplo. É importante que cada elemento possa ser lido de forma separada.

- Trabalhe o olhar: de fato, os olhos são as janelas da alma e podem transmitir muita coisa. É importante que coincidam com o tipo de personagem que você está construindo, que se alinhem com o que este está pensando ou sentindo.

- Os tamanhos: assim como o contraste, sempre será mais atraente um personagem no qual suas partes tenham tamanhos levemente diferentes, do que um perfeitamente simétrico. Faça os olhos maiores que a boca, ou vice-versa, ou construa um nariz enorme...

Como criar um bom personagem de livro infantil 13
Teresa Martínez

Teresa Martínez ministra o curso online “Ilustração digital para contos infantis”, onde ensinará a contar histórias com ilustrações criadas no Adobe Photoshop.

E não esqueça que você também pode aprender com ela técnicas de desenho digital para criar personagens que despertem emoções no seu curso online “Ilustração e criação de personagens para contos infantis”.

0 comentários

Entre ou crie sua conta para comentar

Receba em seu e-mail as novidades do Domestika