André Augusto

Eu desaprendi, pois sei que sou capaz de recomeçar a vida, de moldar os meus sonhos e de criar o meu fim.