3d & animação

4 curtas de animação belgas para assistir e se inspirar

Estes filmes realizados por cineastas da Bélgica vão levar você em uma viagem ao mundo mágico da narrativa animada

Uma das fontes de inspiração preferidas do ilustrador irlandês Kevin Waldron (@kev_wally) é uma longa lista que ele criou de curtas de animação realizados em várias partes do mundo, disponíveis de forma gratuita na internet e que, de uma forma ou outra, influenciam o seu trabalho.

Estes projetos demonstram uma variedade de estilos e abordagens e contam histórias divertidas, emocionantes e inspiradoras. Com certeza vão estimular sua imaginação, seja qual for o formato em que você costuma trabalhar.

O irlandês Kevin Waldron é especialista em ilustrações de personagens de animais

Neste post, Kevin destaca quatro curtas em stop motion feitas na Bélgica - um país que é uma das grandes referências do cinema de animação na Europa - pela diretora Guionne Leroy e pela dupla de cineastas e roteiristas Emma De Swaef e Marc James Roels.

Assista aos curtas na sequência!


Noi siamo zingarelle (1993, 4')

Dirigido por Guionne Leroy

A diretora belga Guionne Leroy estudou animação em Bruxelas antes de trabalhar em vários longas famosos (incluindo Toy Story, Chicken Run e Coraline) e em séries de TV como animadora e supervisora de animação, em projetos nos EUA, Reino Unido, França, Bélgica e Suíça.

Noi siamo zingarelle é um curta de animação em stop motion, de 1993, com música de La Traviata, a famosa ópera de Giuseppe Verdi.

Neste filme, as sobremesas ganham vida e viajam por uma mesa perfeitamente arrumada antes de se transformarem em decorações para um luxuoso bolo de creme branco com várias camadas.

O curta faz parte de uma coleção chamada Opera Imaginaire, na qual cada animação foi criada para acompanhar um dos grandes clássicos da ópera.


Oh Willy (2012, 17')

Dirigido por Emma de Swaef & Marc James Roels

Emma De Swaef e Marc James Roels são uma dupla de cineastas residentes em Antuérpia, Bélgica.

Este curta em stop motion segue Willy, o protagonista, que volta à comunidade nudista em que cresceu para visitar sua mãe moribunda.

Depois que ela morre, ele viaja pela floresta em uma jornada de autodescoberta enquanto processa sua dor e se envolve em algumas situações incomuns.

Os personagens e adereços são todos feitos de lã, que, junto com a paleta de cores neutras a iluminação suave, criam um tom suave que às vezes parece incongruente com a narrativa surreal, tornando os cenários em que Willy se encontra ainda mais surpreendentes e encantadores.


Arthur (1998, 4')

Dirigido por Guionne Leroy

Outro projeto de animação stop motion dirigido por Guionne Leroy, Arthur tem como trilha sonora uma música da ópera King Arthur, de Henry Purcell.

As paisagens rochosas mudam de forma e lutam com o cavaleiro protagonista da história, dificultando a sua viagem até um castelo em uma colina.


Fight! (2013, 1')

Dirigido por Emma de Swaef & Marc James Roels

Emma de Swaef e Marc James Roels se juntaram novamente para criar este incrível trailer de animação em stop motion de apenas 1 minuto.

O projeto foi criado para a edição de 2013 do Festival Nacional de Cinema de Animação de Bruz, que acontece em Rennes, na França.

Neste divertido filme, dois wrestlers lutam a ponto de vomitar antes de se sentarem para tomar uma cerveja.

Se você estiver interessado em melhorar suas habilidades de animação 2D ou 3D, confira os cursos online da Domestika. E se quiser aprender como contar uma história com personagens de animais em aquarela que faça as crianças sorrir, confira o curso de Kevin Waldron, Ilustração de personagens animais para livros infantis.

Versão em português de @sergiofelizardo.

Você também pode se interessar por:

- Peter Lord, criador da Aardman Animations, compartilha sua sabedoria única
- 'Imagens que contam histórias': o poder da narrativa visual
- 9 sites de animação e ilustração para buscar inspiração e aprender
- Animação 3D criativa no Blender, um curso de Paulo Filipe Souza
- Animação em loop com técnicas mistas de ilustração digital, um curso de Itsacat&Goodog

0 comentários

Entre ou crie sua conta para comentar

Receba em seu e-mail as novidades da Domestika