Fotografia

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica

Explore milhares de livros gratuitos e conheça a evolução dos livros gastronômicos ao longo das décadas

Quando o tema é apresentação de comida, sabemos que os olhos também comem. No entanto, se olharmos para muitos livros de culinária do início do século XX, necessitamos de uma porção extra de imaginação. Eram obras com menos imagens do que as que encontramos nos livros de hoje, onde o poder da fotografia gastronômica é elemento fundamental.

Uma coleção de mais de 10 mil livros de culinária, disponível no Internet Archive, é a oportunidade perfeita para descobrir a evolução desta disciplina criativa e ver como, ao longo das décadas, o texto foi dando lugar a recursos visuais, ilustrações e as primeiras fotografias que facilitaram a compreensão das receitas e se tornaram um elemento essencial.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 1
’Southern Recipes’. University of California Libraries

A coleção pertence a várias instituições, como a Young Research Library, a Bancroft Library da University of California e a Prelinger Library e inclui obras de várias partes do mundo.

Os mais de 10 mil livros são fascinantes e cobrem tópicos de culinária, têxteis, família, casa e as chamadas ciências domésticas.

As obras podem ser baixadas gratuitamente para você analisar detalhadamente a história da fotografia gastronômica.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 3
Um dos milhares de livros da coleção, que você pode baixar gratuitamente

Evolução da fotografia gastronômica

Como eram antes as imagens de comida? Quais características da comida eram mais destacadas? Com que tipo de iluminação se trabalhava? Com base nestes livros de receitas do início do século XX, viajamos no tempo para analisar a evolução da fotografia gastronômica.

Década de 1930: de apenas texto, a desenhos

Os primeiros exemplares do início do século XX não incluem ilustrações ou fotografias. São livros didáticos, densos e com explicações matizadas, mas para alguém sem experiência em culinária, eles são complexos.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 5
Receitas para preparação de pratos com vegetais

As primeiras ilustrações, aparecem de forma discreta e com traços muito simples, como demonstram os biscoitos em forma de dinossauro que podemos ver na foto abaixo.

Na década de 1930, as receitas são apresentadas com uma ilustração do ingrediente principal, mas tudo é em preto e branco.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 7
Ilustrações de biscoitos para crianças

1950: a chegada da cor

A partir da década de 1950, os livros se enchem de ilustrações coloridas e até ousam brincar com páginas duplas para resultados mais originais.

No entanto, o texto é ainda o mais importante.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 9
A cor chega às ilustrações na década de 1950

1960: as primeiras fotografias

Os livros de receitas dos anos 60 tornaram-se mais especializados. Têm temas de todos os tipos: massas, churrasco, hambúrgueres... e claro, sobremesas. As imagens também começam a ser mais profissionais e, aos poucos, a sua presença vai-se tornando mais equilibrada.

O uso da cor ganha destaque, mas a iluminação quase sempre é fraca. Por outro lado, as fotografias procuram captar detalhes como as texturas dos alimentos

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 11
As fotografias começam a ganhar protagonismo nos anos 60
Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 12
Imagem de uma sobremesa em que se podem apreciar texturas

Anos 70: a mesa se junta à comida

A fotografia ganhou muito valor e na década de 1970 uma imagem pode ocupar uma página inteira. O interesse pelo styling também começa a refletir-se na apresentação das mesas, que se “vestem” para a ocasião.

O fotógrafo não se dedica apenas a retratar um prato e os ingredientes, mas também se deixa levar pela criatividade.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 14
O styling já se reflete nas composições fotográficas dos anos 70

Anos 80: a imagem ultrapassa o texto

Nos anos 80 as regras do jogo mudaram completamente e o texto passou a depender das imagens. As fotografias são combinadas com ilustrações e as receitas transmitem uma sensação de naturalidade e descontração.

Aos poucos, as ilustrações vão sendo deixadas de lado, porque até para explicar visualmente o preparo de uma receita, a fotografia é o formato preferido.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 16
Na década de 1980, as fotos começam a transmitir naturalidade

Anos 90: a evolução

Os livros mais recentes incluídos no acervo digital são o oposto dos primeiros, mas a viagem vale a pena para testemunhar a evolução da fotografia gastronômica.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 18
A mesa está pronta!

Criatividade gastronômica em 2021

Os livros de receitas não são mais apenas para os amantes da culinária. Mesmo quem não se atreve a ficar sozinho na cozinha também aprecia as imagens de pratos únicos e especiais, capazes de contar uma história. Essa criatividade se consegue graças à união de dois ingredientes essenciais: culinária e fotografia gastronômica.

No entanto, hoje não é necessário abrir um livro de receitas. No Instagram, o food styling, por exemplo, não deixa de conquistar seguidores. De sua casa você pode saber o que alguém do outro lado do mundo está comendo, encontrar inspiração ou simplesmente ficar sem palavras diante das cores, texturas e formas dessas fotos.

O trabalho por trás disso é mais do que evidente. Como se fosse uma receita, é algo que os criativos cozinham em fogo baixo para atingir um único objetivo: despertar o desejo de consumir um alimento… ou então hipnotizar a audiência, como tão bem consegue fazer Vega Hernando (@vegahernando), com suas imagens incríveis.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 20
Vega Hernando, da Eating Patterns, transformou sua paixão por gastronomia e fotografia em um estúdio criativo

E, claro, também se podem contar histórias para os mais pequenos através da fotografia gastronômica e da concepção de pratos alegres e combinações de alimentos.

Histórias tão interessantes, como as que são propostas nestas 5 contas de foodstyling com storytelling para crianças.

Descubra 10 mil livros de receitas, ilustração e fotografia gastronômica 22
Foto por Hasnawati Yahaya

Para descobrir os livros de receitas do início do século XX, clique aqui. Lembre-se de que você deve se registrar no Internet Archive e que algumas publicações devem ser solicitadas com antecedência para serem consultadas.

Você gostaria de despertar sua criatividade relacionando fotografia e comida? Se quiser se dedicar a esse mundo, aprenda com especialistas nos cursos online de fotografia gastronômica e food design da Domestika.

0 comentários

Entre ou crie sua conta para comentar

Receba em seu e-mail as novidades da Domestika