Ilustração

5 curiosidades sobre a aquarela

Descubra 5 curiosidades surpreendentes sobre a história, a composição e os usos da aquarela

Aquarela existe desde a pré-história. É rápida, versátil, colorida e utilizada tanto por artistas amadores quanto por grandes mestres da história da arte. Com certeza você já fez uso dela, em tubo ou pastilha, na escola, em um estudo ou em viagens, para trazer seus esboços à vida.

Mas, apesar de estar tão presente em nossas vidas, muitas de suas histórias seguem desconhecidas. Você sabia que as pastilhas coloridas que usamos hoje nem sempre existiram? Ou que, tecnicamente, não existe aquarela branca? Ou que, além dos artistas, os exploradores também a utilizavam?

Descubra neste vídeo!

1. Do que exatamente é feita a aquarela?

A aquarela é a mistura de apenas quatro ingredientes principais:

1. Um pigmento, artificial ou natural.
2. Goma arábica como aglutinante.
3. Aditivos como glicerina ou mel, ou conservantes para alterar sua consistência, cor ou durabilidade.
4. Água como solvente para diluir a tinta na hora de aplicá-la.

5 curiosidades sobre a aquarela 3
Processo de fabricação de aquarelas com Scriptorium Yayyan

2. Quando surgiram os primeiros materiais comerciais?

Quem fosse aquarelista antes do século XVIII precisava fabricar a própria tinta comprando pigmentos no boticário, ou no chamado "colorman", para depois misturá-los com um aglutinante.

A situação mudou graças aos irmãos William e Thomas Reeves, que em 1781 criaram o formato de pastilhas solúveis que usamos hoje e permitiram a época de ouro da Aquarela Inglesa.

5 curiosidades sobre a aquarela 5
Imagem de uma caixa de aquarelas antiga, no Joseph Allen Skinner Museum, Estados Unidos [Wikimedia. Daderot]

3. A ferramenta dos exploradores

Embora a aquarela não tenha tido a mesma presença de outras disciplinas no mundo da arte, ela foi vital em outras áreas. Na Inglaterra do século XVIII, muitos aquarelistas se juntavam às expedições geológicas e arqueológicas organizadas pela Society of Dilettanti.

5 curiosidades sobre a aquarela 7
Retrato da 'Society of Dilettanti', de Joshua Reynolds (1777-1779)

Com seus pincéis, os artistas documentavam descobertas e paisagens do Mediterrâneo, Ásia e América. A versatilidade da aquarela, sua velocidade e capacidade de capturar o mundo foram incrivelmente úteis para plasmar as maravilhas de lugares remotos.

5 curiosidades sobre a aquarela 9
'Detail of stonework in the Colosseum', de John Warwick Smith (1749-1831) [British Museum]

4. A marca importa?

Você já trocou de marca e percebeu que algumas cores de aquarela davam resultados diferentes? Embora as cores das paletas que compramos compartilhem nomes, como ocre, cerúleo e cobalto, pode ser que não tenham sido fabricadas com a mesma fórmula ou proporções. Por isso, as cores de uma marca não serão exatamente iguais às de outra.

O melhor é experimentar várias marcas ou escolher uma preferida se quiser saber exatamente como as cores ficarão no papel.

5 curiosidades sobre a aquarela 11
As mesmas cores de marcas diferentes podem apresentar diferenças de tonalidade

5. Existe branco na aquarela?

A aquarela tradicional nunca usa branco opaco. A ideia por trás disso é que, para clarear as cores da aquarela, basta adicionar mais água e, para a cor branca, basta deixar o papel sem tinta.

Nos ambientes artísticos da Inglaterra do século XIX, na verdade, o uso do guache branco era desprezado por conta de sua opacidade: a transparência deveria prevalecer sempre na aquarela. Este tema tornou-se objeto de debates e discussões constantes, que estenderam-se por anos.

5 curiosidades sobre a aquarela 13
'Scarborough town and castle', de J. M. W. Turner (1800–1820)

Versão em português de @ntams.

Você também pode se interessar por:

- Elaboração de aquarelas artesanais, um curso de Scriptorium Yayyan
- Ilustração botânica com aquarela, um curso de Paulina Maciel
- Técnicas modernas de aquarela, um curso de Ana Victoria Calderón

0 comentários

Entre ou crie sua conta para comentar

Receba em seu e-mail as novidades da Domestika