O que é

O que é marmorização têxtil?

Descubra os segredos dessa técnica tradicional

A marmorização é um processo que utiliza tintas flutuantes sobre a superfície de uma solução aquosa. As tintas são manipuladas e transformadas em padrões que, em seguida, serão transferidos para um objeto. Com essa técnica, é possível tingir tecido e papel, mas há quem a utilize em couro e até peças de cerâmica.

O que é marmorização têxtil? 1
Carla Qua

Origens: Japão

Os primeiros registros são do século XII, no Japão. Numa prática conhecida como suminagashi, que significa "tinta flutuante" e se mantém viva até hoje, o nanquim era usado para tingir papéis.

Reza a lenda que o suminagashi foi descoberto por acidente quando um membro da família imperial afundou pinturas sumi-e na água e percebeu que as tintas flutuavam na superfície. Intrigado, teria mergulhado outro papel na solução e viu que a antiga imagem havia sido transferida.

O que é marmorização têxtil? 3
Suminagashi - Met Museum NY

Uma nova variedade: Turquia e Pérsia

No século XV, outra modalidade de marmorização, Ebru, que significa "arte em nuvem" em turco, teve origem na Turquia e na Pérsia (parte do atual Irã). Este método usava mucilagem e água, criando uma solução mais espessa que a do suminagashi e semelhante às atuais, o que permitia desenhos com mais detalhes e fluência.

Um fato interessante é que, na Turquia, papéis marmorizados eram usados para evitar a falsificação de documentos (afinal, é impossível replicar perfeitamente os padrões).

O que é marmorização têxtil? 5
Folha de guarda de uma cópia de 1875 de "Die Nachfolge Christi", de Thomas von Kempis

Por fim, no século XVII, a marmorização foi levada do Oriente Médio para a Europa por viajantes e exploradores. Primeiro na França e na Alemanha e depois continente afora. Nessa época, o uso comum das folhas tingidas era em folhas de guarda de livros, documentos oficiais e papéis caligráficos.

O que é marmorização têxtil? 7
Carla Qua

Carla Qua (@carla_qua), designer especializada em marmorização têxtil, lista a seguir 5 padrões de acordo com a classificação de Richard Wolf, o bibliófilo que, por mais 25 anos, colecionou e catalogou peças marmorizadas. Se tiver interesse, você pode encontrar a classificação completa no livro de Wolf: Marbled Paper: Its History, Techniques, and Patterns.

O que é marmorização têxtil? 9
Carla Qua

1. Marmorização turca ou Pedra

É o padrão básico. Dele derivam todos os outros. É o que mais simula o mármore.

O que é marmorização têxtil? 11
Marmorização turca ou Pedra

2. Marmorização reta antiga ou Pena

Simula a forma das penas. Utiliza ferramentas como palitos de pau.

O que é marmorização têxtil? 13
Marmorização reta antiga ou Pena

3. Unparalleled ou Incomparável

Feita com um pente. As variações no formato se dão pela distância entre os dentes.

O que é marmorização têxtil? 15
Unparalleled ou Incomparável

4. Placard

Usa como base o padrão Pedra. Depois, uma peça muito fina, como um fio ou palito, é passada sobre ele.

O que é marmorização têxtil? 17
Placard

5. Italiano ou Veia

Simula o mármore italiano. Nele, o dispersante é o sabão.

O que é marmorização têxtil? 19
Italiano ou Veia
O que é marmorização têxtil? 20
Carla Qua

Se quiser conhecer melhor essa técnica, inscreva-se no curso de Carla Qua, "Introdução à marmorização têxtil", no qual aprenderá a fazer cinco padrões tradicionais em diferentes superfícies têxteis, conhecerá as ferramentas e materiais básicos, assim como recomendações úteis para obter os melhores resultados.

Você também pode se interessar por:

- 5 artistas de arm knitting que você precisa conhecer
- Como transferir um desenho para um tecido de bordado: solvente
- O que é a pintura Sumi-e?

0 comentários

Entre ou crie sua conta para comentar

Receba em seu e-mail as novidades da Domestika