Domestika

6 dicas para começar como ilustrador

Descubra os passos essenciais para começar no mundo da ilustração tendo um grande profissional como guia

Ao longo de sua carreira como ilustradora, Carla Berrocal, do Üstudio Mol + Carla, superou todos os tipos de desafios e, sem dúvida, o mais importante foi o de começar na ilustração. Nem todo mundo se sente seguro o suficiente para dar esse grande passo e, como um ato de solidariedade àqueles que estão iniciando, ela compartilhou os passos essenciais para começar neste mundo de vastas possibilidades.

6 dicas para começar como ilustrador 1

A informação precisa circular e essa responsabilidade sempre recai sobre as gerações que já estão mais ou menos estabelecidas. Por isso, para ajudar aqueles que começam, decidi escrever este pequeno guia para orientá-los (na medida do possível) sobre como começar na ilustração.

Quem não passou por isso? Sempre chega o dia em que se termina a graduação, o módulo, o curso… E no estômago cresce o vazio do "o que será?", do futuro, do "por onde começo?".

Todos passamos por isto.

Ninguém sabe a quem perguntar ou aonde ir, há uma grande demanda por trabalho... Tudo é problema... E se, além disso, acrescentamos a falta de informações nas escolas e o medo de não saber dar o passo, muitos dos nossos companheiros iniciantes ficam desesperados ou se frustram com facilidade.

Então, vamos começar do começo. Paremos, respiremos e valorizemos essas dicas. Para muitos de vocês, servirão para alguma coisa. Ou não.

6 dicas para começar como ilustrador 3

1. Portfólio

Faça um portfólio online. A Internet é o nosso meio natural, dela vem grande parte do nosso trabalho. Por esse motivo, é essencial ter presença na web. Crie um portfólio on-line onde se possa ver parte do seu trabalho. Eu recomendo o Squarespace, Carbonmade, Cargo, Wix... Você tem muitas alternativas, pagas ou gratuitas. Em qualquer uma, você poderá facilmente expor seu trabalho. Escolha os melhores ou mais representativos. Com cerca de 15 imagens, você terá mais do que o suficiente. Mantenha sua página ativa e atualizada periodicamente.

6 dicas para começar como ilustrador 5

2. Crie perfis nas redes sociais

As redes sociais permitem gerar contatos, visualizar informações de interesse e divulgar seu trabalho. Para ilustradores, recomendo Facebook, Behance e Instagram. Todos os três são ótimas vitrines para o nosso trabalho e nos permitem interagir com clientes em potencial.

6 dicas para começar como ilustrador 7

3. Faça cartões de visita

Faça alguns cartões de visita. Acostume-se a carregá-los e entregá-los quando encontrar um colega, parceiro ou alguém que ache que pode gerar oportunidades de trabalho. Não seja tímido, pense que quanto maior for sua rede de relações, maior a probabilidade de alguém se lembrar de você para um emprego. A grande maioria dos trabalhos sempre vem do boca a boca, mais do que da internet, portanto mãos à obra.

6 dicas para começar como ilustrador 9

4. Participe de encontros

Reuniões profissionais, apresentações, salões de quadrinhos, feiras de livros e outros saraus são grandes oportunidades para gerar contatos interessantes.

Nos principais eventos relacionados ao mundo editorial, existem editores ou profissionais interessantes para tirar dúvidas ou oferecer seus cartões.

Se você tem algum orçamento, também é interessante viajar para o exterior e mostrar seu portfólio: a Feira de Quadrinhos de Angoulême, a Feira de Livros Infantis e Juvenis de Bolonha, a ELCAF em Londres, a ComicCon de Nova York ... Há muitas reuniões para profissionais nesses lugares e quase sempre áreas exclusivas dedicadas à revisão de portfólios.
Você também pode ir a reuniões sociais em sua cidade para aprender sobre a realidade profissional. Eu recomendo Associações Profissionais de Ilustradores. Nelas você pode conhecer colegas, compartilhar preços e tirar dúvidas.

6 dicas para começar como ilustrador 11

5. Aprenda a cobrar

Consulte a tabela de preços da categoria e, se ainda estiver inseguro, procure o auxílio de um companheiro com mais experiência. Não ponha um preço sem saber se o que está cobrando é justo.
Também há grupos de ilustradores no Facebook, com discussões a respeito do tema. Você certamente será bem-vindo em qualquer um deles.

6 dicas para começar como ilustrador 13

6. Deixe a vergonha de lado

Este é um item essencial. Você precisa seguir em frente, vender seu trabalho, ser sociável. Esteja aberto a críticas e ouça profissionais, você certamente aprenderá algo com eles.

Nesta profissão, tão autônoma e solitária, é essencial que você esteja em movimento, que converse com estranhos. Tudo isso gerará possíveis contatos. A vergonha não vai te alimentar ou ensinar nada. O "não" você já tem; não perde nada tentando. Mesmo que você não saiba inglês, tente se comunicar, mostre sua pasta, fale com as pessoas. Existem coisas interessantes por aí, além da nossa prancheta e da nossa pasta.

Agora que possui um pequeno guia com os sábios conselhos de Carla, recomendamos que você acompanhe mais ensinamentos em seu curso na Domestika "Ilustração tradicional e digital: do esboço à impressão".

0 comentários

Entre ou crie sua conta para comentar

Receba em seu e-mail as novidades do Domestika