Fotografia

3 dicas fundamentais para uma sessão de fotografia infantil

A fotógrafa Leila Méndez nos oferece alguns de seus melhores conselhos para que as fotografias infantis sejam autênticas

Trabalhar com crianças em uma sessão fotográfica não tem nada a ver com trabalhar com adultos; em geral, fazer sessões fotográficas com crianças supõe prestar mais atenção tanto na gestão quanto na direção. Para Leila Méndez (@leila_mendez) é uma espécie de “loucura contida” que ela reconhece conter planejando mentalmente a sessão antes de que essa aconteça.

Além deste conselho de ouro, em sua extensa experiência como fotógrafa infantil, Leila criou uma série de conselhos básicos para fazer com que trabalhar com crianças seja muito mais simples, que todos se sintam cômodos e os resultados sejam tão geniais como se pode ver em suas fotografias. Estas são as chaves fundamentais para que uma sessão de fotografia infantil seja um sucesso:

3 dicas fundamentais para uma sessão de fotografia infantil 1
Leila Méndez

1. Faça com que eles se sintam cômodos

Faça o primeiro contato com as crianças fora do set, antes de começar. Você pode falar primeiro sobre assuntos mais interessantes para eles e deixar o trabalho para mais tarde; uma vez que estejam confiantes, poderá falar sobre o que farão na sessão, de como será fácil… Também poderá mostrar a eles uma referência parecida com o que farão para que tenham uma ideia do que se espera deles.

3 dicas fundamentais para uma sessão de fotografia infantil 3
Leila Méndez

2. Faça da sessão de fotografia um jogo

Se consegue que o plano de fotos seja divertido, terá muito mais vantagens para trabalhar melhor. Dessa forma, você vai conseguir que peguem no tranco e que se crie uma dinâmica onde se respire naturalidade e isso se poderá ver nas fotografias mais tarde.

As crianças normalmente presenteiam momentos especiais e espontâneos e quase sempre entram no clima geral. Às vezes há crianças que têm certo carisma e em um grupo estejam à espera de uma oportunidade para mostrá-lo, se é assim, está bem dizer a elas o que fazer, mas também deveria deixar espaço para que sejam elas mesmas e aproveitar sua personalidade, especialmente se você está fazendo retratos: se é tímida, aproveite sua timidez, se é agitada, aproveite também.

Se você tem a oportunidade de levar elementos que estimulem o jogo nos momentos em que estejam de bobeira, desta maneira sua atitude será mais solta diante da câmera. Além disso, sempre poderá sugerir atuações que estimulem o riso: como dizer a uma criança que conte um segredo a outra; já que sempre surgem momentos de cumplicidade se estimulamos uma ação simpática entre elas.

3 dicas fundamentais para uma sessão de fotografia infantil 5
Leila Méndez

3. Ganhe a confiança deles

Uma vez que confiem em você, poderá pedir a elas coisas e atuações mais concretas sem medo de que suas reações sejam frias ou muito rígidas. Você poderá dirigir, tomar as rédeas da situação e concluir a ideia que tinha em mente desde o início.

E lembre-se, se algo falha, volte ao ponto 1, chame de lado, fale com eles, um pequeno passeio e comece outra vez!

3 dicas fundamentais para uma sessão de fotografia infantil 7
Leila Méndez

Como conselho final, Leila destaca que o mais importante é estar preparado para imprevistos e desenvolver recursos para resolver conflitos.

Leila Méndez dá um curso em Domestika chamado Introdução à fotografia profissional com crianças, onde te ensina a preparar, dirigir, produzir, editar e apresentar um projeto fotográfico infantil.

0 comentários

Entre ou crie sua conta para comentar

Receba em seu e-mail as novidades do Domestika